13/06/2012


Organdi

 


Trago em minhas mãos

um bouquet de letras

destinadas ao vento,

para que Ele,

em sua grandeza,

espalhe - involuntariamente -

meus léxicos de algodão.


O vento atravessa

as paredes

e as transformam

numa porta de entrada.


As pedras despencam

e encobrem o abismo,

tornando-se plana a conexão

até então interditada.


Agrego e agradeço

ao Universo

pela ponte recontruída,

a mão dupla e sem saída

que uniu - de novo -

as nossas vidas.


20/04/2012

 

 

Categoria: Inspirações
Escrito por Ligia Araujo às 17h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/06/2012


Adriana, samba...

 


A sua métrica me fascina,

segue a risca,

intertextualiza a poesia.


Nenhum gesto ou objeto

estão absortos ou ignotos

no cenário e figuros retintos.


Sem instintos, nem ímpetos:

só no intelecto

desenha seu espectro, tão certo.

No alvo do palco

proliferam seus ritmos

que reverberam meus abismos:

sonhos escondidos,

pontes descabidas.

 

Categoria: Inspirações
Escrito por Ligia Araujo às 18h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil


BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, Portuguese, Latin, Arte e cultura

Histórico